SALMO 3: UM REI EM FUGA

Senhor, muitos são os meus adversários! Muitos se rebelam contra mim!

 São muitos os que dizem a meu respeito: “Deus nunca o salvará! ” Pausa

 Mas tu, Senhor, és o escudo que me protege; és a minha glória e me fazes andar de cabeça erguida.

Ao Senhor clamo em alta voz, e do seu santo monte ele me responde. Pausa

Eu me deito e durmo, e torno a acordar, porque é o Senhor que me sustém.

Não me assustam os milhares que me cercam.

Levanta-te, Senhor! Salva-me, Deus meu! Quebra o queixo de todos os meus inimigos; arrebenta os dentes dos ímpios.

Do Senhor vem o livramento. A tua bênção está sobre o teu povo. Pausa

 

 Para entendermos este salmo primeiro temos que entender seu contexto e para isso, temos que ir lá para 2 Samuel 15, onde o texto mostra Davi fugindo de seu filho Absalão. A história é muito interessante e eu lhe convido a ler ela inteira, mas basicamente o que aconteceu foi o seguinte

Absalão faz a cabeça do povo para que assim pudesse tomar o trono de seu pai, e Davi (seu pai) acaba tendo que sair fugido do palácio. Este salmo foi escrito diante de estrema angústia e sentimento de fracasso. Imagine que seu filho tente aplicar um golpe e você tenha que sair fugido, foi o que aconteceu. Carson faz uma observação importante sobre este acontecimento:

“Não há dúvida de que Absalão era um líder natural, com muito jeito e habilidade […]. É notável que tenha conseguido persuadir tanta gente em Israel a apoiá-lo e a se voltar contra Davi. […] Absalão também foi habilidoso em conseguir tramar uma conspiração tão ampla sem que os rumores a esse respeito chegassem à corte do rei” (Carson, 2012, p. 502). 

 Enfim, este gênio do crime quase esmagou seu pai, porém com a ajuda de Deus, Davi conseguiu organizar um exército, derrotar as forças de seu filho e reaver o trono e este salmo foi escrito no calor destes acontecimentos.

Porém apesar de toda a reclamação e desânimo inicial do salmo, nada mais comum para quem levou um golpe como o dele. Davi continua e exprime sua grande confiança em Deus, que no fim acabou o protegendo desta e de muitas outras situações difíceis

A vida de Davi não foi fácil, seus problemas familiares, alguns de seus erros e vistas grossas lhe trouxeram algumas graves consequências, mas ele confiava em Deus. Este homem tinha em sua vida um coração aberto para o arrependimento e o recomeço.

O mais curioso quando você lê a história lá em 2 Samuel é que mesmo que muita gente tenha virado as costas para Davi, ele ainda tinha gente dedicada que não o abandonou. Nós nunca estamos sozinhos quando seguimos sendo justos e bondosos, muitos reconhecem isso e continuam a nos acompanhar

Não é fácil enfrentar as reviravoltas da vida, mas o que este salmo nos mostra é que mesmo que até nosso filho nos abandone, Deus não abandona. Eu nunca vou dizer para você não confiar em homens, afinal, é importante ter amigos de confiança, porém sabemos que se o homem falhar e nos abandonar, Deus não nos abandonará.

 

BIBLIOGRAFIA

Bíblia Sagrada – Bíblia de Jerusalém; Paulus, São Paulo, 2013

PETERSON, Eugene H, A Mensagem, Bíblia em linguagem contemporânea, Editora Vida, São Paulo, 2012

CARSON. DA. Comentário bíblico vida nova. SÃO PAULO – SP, EDITORA VIDA NOVA, 2012

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.