COMPREENSÃO: A CABALA DA INVEJA: NILTON BONDER

“Quando alguém lhe recusar algo, antes de enfurecer-se avaliando a situação de seu ponto de vista, repetindo para si mesmo “O que custava?… Que grande valor tem este objeto?”, entenda que você não tem condições de responder a estas perguntas. Sua sensação é de que as respostas a estas perguntas são óbvias, porém não são. Não sabemos o que custa nem o valor que algo tem para alguém. Perceba que o impulso de definir o outro como egocêntrico pode ser uma grande ironia, já que você mesmo pode ser egoísta, incapaz de reconhecer os custos ou incômodos que algo pode acarretar ao outro. A certeza da facilidade com que o favor lhe poderia ter sido prestado atesta, na verdade, sua incapacidade de fugir a seus próprios padrões e reconhecer os direitos do outro. Tal procedimento demonstraria, no fundo, uma atitude egoísta de sua parte” (BONDER, 2010, p. 147)

Em meus textos e em minhas aulas, tento sempre enfatizar a importância de enxergarmos as situações não só com nosso ponto de vista, mas também com o do próximo e é este um dos ensinos que quero ressaltar deste livro do Nilton Bonder.

Viva entendendo que conclusões precipitadas, sem ser analisadas como um todo faz-nos ter atitudes equivocadas e o pior. As vezes nos leva a termos atitudes hipócritas, as mesmas atitudes que comumente enxergamos em outros. E no fim do capítulo Nilton Bonder ressalta justo isso:

“Devemos reconhecer que é muito complexo trabalhar com a frase “Ama a teu próximo como a ti mesmo”, ao mesmo tempo que reconhecemos que nós também somos o próximo” (BONDER, 2010, p. 148)

Pois a verdade é uma só, quando julgamos atitudes alheias temos que entender que a nossa atitude também vai ser julgada. É sábio concluirmos que nós, uma hora ou outra estaremos do outro lado da questão. Por isso que ponderar e tentar se colocar no lugar do próximo é importante para que não vivamos neste mundo achando que tudo gira em torno do nosso querer.

 

BIBLIOGRAFIA

BONDER, Nilton, A Cabala da Inveja, Editora Rocco, Rio de Janeiro, 2010      

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.