INTRODUÇÃO A MISSIOLOGIA: DICAS PARA UMA MISSÃO EFICAZ

Falar de missão é falar da Bíblia como um todo, de Gênesis a Apocalipse, é falar de um Deus que olha para o ser humano e se importa. Falar de missão é falar de um Deus salvador e do homem pecador, é falar da tarefa que nós cristãos temos, o de levar a palavra a todos, John Piper tem uma frase que resume bem o que é:

“Missões existem porque não existe adoração” (SHEDD, 2001, p. 7)

Nós fomos criados por Deus para adorá-lo, contudo por conta do pecado, temos insistido em virar as costas para ele. A missão existe para mostrar ao homem quem ele é, o quão mal e decaído tem sido e o quanto precisa de Deus. Entretanto, antes quero falar do significado de missionário para que tenhamos certeza de que todos nós estamos falando a mesma língua, com isso eu pergunto: O que é um missionário? Segundo o dicionário, missionário é:

“Aquele que se dedica à pregação de sua fé; pregador. Aquele que se dedica a propagar uma ideia” (Dicio)

 Ou seja, missionário não é apenas aquele camarada que viaja para outro país e sim aquele que prega a palavra, que tem uma missão. Eu estou propondo este conceito amplo justamente para termos em mente que todos têm a missão de pregar, no fim todo o cristão é missionário, porém alguns viajam para outros países ou cidades e outros cristãos não. Então você pode ser um missionário no seu trabalho, pode trabalhar com alguma tribo urbana específica que é pouco alcançada, pode ser um missionário em seu bairro ou família e também até ser um missionário em outro país. Não se esqueça de que da porta da igreja para fora já estamos em um campo missionário e onde você estiver estará sendo uma ferramenta nas mãos de Deus. Cristo nos deu uma missão lá em Mateus 16:15: “Ide por todo o mundo…” Sendo que as ênfases no texto são “ir e pregar”, não importando onde. Contudo, temos que antes nos lembrar de algumas coisas importantes quando falamos de missão.

  1. A missão começa com a pregação e com o cuidado

 Quando olhamos para a Bíblia, vamos ver que a missão, o ide, é muito mais que ganhar almas, como normalmente ouvimos, afinal o lado espiritual é só um lado da moeda, de um ser que sofre com problemas sociais, faltas e necessidades:

“Ganhar almas é bom, não tenha dúvidas, mas parece-nos que a Bíblia apresenta uma forma de redenção do ser humano que vai muito além. Deus, através da Bíblia, enxerga no ser humano um ser completo, íntegro, holístico, e não somente a sua alma ou sua vida espiritual” (GERONE, 2014, 9).

Para que a missão seja eficaz, temos que nos lembrar de uma mensagem de salvação, não podemos deixar de pontuar o quanto o ser humano é pecador e do quanto ele precisa de Deus, mas sem esquecer que este tem as suas mazelas, dificuldades e sofrimentos, que uma sociedade formada por inúmeros seres pecadores e falhos têm. Holístico significa totalidade, é considerar o todo do ser humano (GERONE, 2014, 9). A salvação é um movimento completo, que traz esperança ao homem por completo e restaura a sua vida física, emocional e material.

Quando lemos sobre Cristo nos evangelhos nós vemos justamente isso, um Deus que se preocupava com o presente e o futuro. Com as doenças que afligia quem o buscava, mas também com a salvação deste doente. 

Jesus nos contou a parábola do bom samaritano (Lucas 10:33), o texto não diz que quando o samaritano viu o homem moribundo, ele lhe deu um folhetinho dizendo Jesus te ama, foi muito mais que isso, o samaritano cuidou do homem. Na multiplicação dos pães vemos Cristo se preocupando com quem estava lá ouvindo a mensagem (Marcos 6:34), e ele não deixou de alimentar aquela multidão, mesmo que os seus discípulos insistissem em querer mandar estes embora para que se alimentassem em casa. Enfim, são muitos os exemplos que vemos de Jesus pregando, curando, matando a fome e restaurando o homem por completo:

“A obra de evangelização não pode ser reduzida a uma simples proclamação verbal (comunicação oral) sobre Jesus, mas compreende uma ação integral: proclamação e atuação, pregação e prática, denúncia e ação transformadora. O evangelho alcança o ser humano não só pelo que se diz, mas também pelo que se faz” (GERONE, 2014, p. 36)

Estas são as pessoas que precisam ser alcançadas por inteiro, a salvação deve ser completa e não pela metade, e a missão deve vir com este viés, mas ainda não é só isso, existe um segundo ponto que está interligado com este.

  1. A missão não é nossa e sim de Deus.

É Deus quem quer salvar, é Deus que ama e doa o seu filho. A “Missio Dei”, ou seja, a Missão de Deus no Mundo deve começar Nele, pois é dele e nós somos apenas cooperadores:

“A Missio Dei se caracteriza, então, pelo fato de ser uma missão que começa e termina em Deus e por Deus. A missão para a igreja está baseada na cooperação com o que Deus está realizando, por sua graça, neste mundo. Assim sendo, a igreja que está em missão, não poderá realiza-la sem perceber o mundo com todas as suas necessidades, se não for com os olhos de Deus” (GERONE, 2014, 13)

A missão se inicia com Deus doando o seu filho, em nome de salvar a humanidade, nós somos apenas participantes deste movimento, sendo que para sermos boas ferramentas nas mãos D’ele, temos que conhecer a sua palavra para poder enxergar o mundo com seus olhos

Cuidar e evangelizar, dar esperança para uma vida melhor aqui na terra e também para uma vida futura. Olhar o homem como um todo e não somente como alguém que precisa do evangelho, este é um dos desafios da missão. Afinal, o pecado tem destruído o homem por completo, físico e espiritual, com isso a restauração deve ser completa. Sem esquecer-nos do principal, a missão é de Deus, é a partir dele que tudo deve começar, é com os olhos dele que devemos fazer a sua vontade.

 

 

BIBLIOGRAFIA

Bíblia Sagrada – Bíblia de Jerusalém; Paulus, São Paulo, 2013

Bíblia Sagrada – Nova Tradução na Linguagem de Hoje; Ed. Soc. Bíblica do Brasil, São Paulo, 2005

Shedd, Russell, Missões Vale a Pena Investir, Shedd Publicações, São Paulo, 2001

GERONE, Acyr de, Missão que transforma, A evangelização integral da Bíblia, Publicações ICD, 2014

https://www.dicio.com.br/missionario

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.