SÍNDROME DE ÍCARUS

Gosto muito da história de Ícarus, que era filho de Dédalo, um dos homens mais criativos de Atenas. Foram eles, segundo a mitologia grega, que construíram o labirinto do Minotauro. E um dia, acabaram sendo presos dentro do labirinto a pedido do rei Minos. Sendo que para sair resolvem construir asas com cera de abelhas e penas de gaivotas. O problema é que para que as asas não se desfizessem eles deviam voar um pouco abaixo do sol, para que as penas não derretessem, e um pouco acima do mar, para que as penas não molhassem. Mas Ícaro, por ter se impressionado com o sol, desobedeceu às ordens de seu pai, voou em direção do sol e acabou caindo.

Considero esta história muito verdadeira, afinal, quem nunca deu um passo maior que as pernas, ou se perdeu, tentando conseguir o seu lugar ao sol? Planos, projetos e frustrações parecem caminhar juntos não é? E antes de acertar, muitas vezes erramos bastante.

Penso que um dos grandes motivos é o imediatismo. Queremos o retorno o mais rápido possível das coisas, queremos um diploma, sem estudar, uma boa profissão sem se preparar, queremos solução imediata para os nossos problemas, mas este tipo de solução não existe. Tudo leva tempo, quem já fez uma faculdade sabe disto. É mais fácil “aproveitar a vida” fazer o que gostamos do que passar dias fazendo um trabalho acadêmico ou lendo um monte de livros, mas no fim compensa. O que vai definir o sucesso de nossa empreitada é a nossa maturidade e entender o significado desta palavra já são alguns bons caminhos andados.

A vida é uma escolha e toda a escolha tem perdas e ganhos. Se você escolher estudar, provavelmente vai deixar de sair e gastar dinheiro com outras coisas, ou de ir para casa descansar depois de um dia inteiro de trabalho, isso se você trabalha e estuda. Você sempre vai perder em qualquer tipo de escolha, pois não é possível termos tudo, o que vai definir nosso sucesso são as escolhas que realmente valem a pena.

Eu tive um amigo que era chefe em uma empresa multinacional, ele ganhava muito dinheiro e gastava quase todo ele viajando, conhecendo o país. Nunca quis estudar, comprar uma casa ou guardar um dinheiro para o futuro. Foi a escolha dele agir assim, opção bem imediatista, diga-se de passagem. O problema foi que depois de muitos anos a empresa fechou e ele nunca mais conseguiu o mesmo padrão de trabalho que ele tinha antigamente, pois todos os empregadores que o entrevistavam não entendiam como ele, ganhando o salário que ganhava, não havia feito uma faculdade. Este amigo tinha muita experiência em carteira, porém nenhum estudo. Acabou tendo que se contentar em trabalhar em um cargo mais baixo, com salário mais baixo ainda, por não ter se preparado. A vida é feita de escolhas, escolher bem define toda a nossa vida. O problema é que o bom caminho é quase sempre mais trabalhoso.

A síndrome de Ícarus nos faz querer sempre o imediato, a pegar caminhos mais rápidos para o sucesso, a usar fórmulas mirabolantes para se chegar lá, mas isso não existe. A boa empreitada é trabalhosa, leva tempo, não vem tão fácil assim.

Ter equilíbrio e pensar no caminho certo é o segredo de bons resultados, entender que muitas vezes o certo leva tempo, já é um passo dado para uma empreitada que dá resultados. O amigo que eu citei poderia ter feito tudo, viajado, estudado e se preparado, bastava se planejar um pouco, e equilibrar sua vontade de viajar.

Lembre-se que em todas as nossas escolhas vamos sempre perder e ganhar vence na vida quem aprende a perder menos, ou opta por coisas que traz mais resultados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.