PRELÚDIO DO FIM

De tempos em tempos alguns religiosos preveem o fim do mundo. Como em quase todos os anos sempre tem alguém arriscando um palpite. E enquanto a notícia vira piada, por se provar falsa, o mundo segue sem acabar, pelo menos não em todas as partes.

Pois tem alguns fins que ninguém tem dado bola, afinal, muitos neste planeta azul, encaram condições não tão azuis, perto do fim. Aliás, para muitos o fim seria um belo descanso.

A começar pela perseguição religiosa em alguns países. Notícias de morte, tortura e caos são lidos por toda a internet. Ou a fome, que em pleno século 21, assola países e castigam muitos que vivem perto do fim. Enquanto muitas descobertas científicas são feitas, tudo em nome do viver bem, alguns tentam descobrir como matar a fome.

Ou enquanto alguns estudam uma forma de diminuir o desperdício de comida, outros estudam uma maneira de recomeçar depois de um terremoto, tsunami ou tornado.  Estas catástrofes dizimam vidas, casas e sonhos. Reduzindo pessoas a nada, a pó, em um fim que não se encerra, apenas castiga, humilha e acaba com o pouco que muitos tem.

Alguns dizem que estamos perto do fim, mas eu não posso ter certeza. Mas no fim do amor, da unidade, de sermos um e de sermos uma comunidade, certamente estamos, e eu não estou falando do mundo, e sim de nós cristãos.

Eu vim de um contexto cristão um tanto quanto alienado, onde se previa que o anticristo viria da igreja católica. Que não devíamos nos misturar com pessoas de outras religiões, que o mundo jaz o maligno, então deveríamos viver sem dar bola a este mundo.

O grande problema é que muitos não veem o quanto a igreja está se deteriorando, virando as costas para pessoas. Deixando de amar, cuidar, e ser luz ao próximo. Muitos cristãos não conseguem ter o mínimo de diálogo, e hipocritamente querem ser ouvidos. A igreja está cada vez mais dividida, a disputa de poder cada vez maior e os interesses da minoria sendo deixados de lado.

Seguir uma denominação não é ser Cristão, seguir a Cristo sim.  Acima de qualquer coisa somos cristãos e apesar de eu congregar em uma igreja, a placa que eu tenho que sustentar é Cristo. Mateus 24:12-13 diz:

“Devido ao aumento da maldade, o amor de muitos esfriará

mas aquele que perseverar até o fim será salvo”

A pergunta que eu te faço é: Seu amor por Deus esfriou ou não? E se você ama a Deus, porque não ama o próximo? Está na Bíblia, leia 1João 4:7-8.

Quando pensamos em fim, temos a mania de não nos colocar no pacote. Sempre os outros são os problemas, sempre os outros estão errados, mas nós não. A igreja tem seguido cada vez mais em um caminho hedonista e muitas vezes não estamos vendo isso. Pastores têm se levantado e falando abobrinhas e nós aplaudimos, comprando como se fossem verdades.

Temos que ter em mente que somos nós a igreja de Cristo, e é só através de nossa mudança de atitude que a coisa pode mudar.

Em nossa volta o mundo tem precisado de ajuda e nós, temos nos colocado a disposição? Ou temos rido da cara de todos, como se não fôssemos responsáveis por pregar a salvação? Não cobre atitude cristã de quem não é cristão, cobre de você uma boa atitude.

Não se esqueça que quando vemos alguém perdido, somos nós os responsáveis. Quando enxergamos uma pessoa precisando de ajuda, somos nós que temos que oferece a mão, ou pelo menos tentar, e não rir e ficar de braços cruzados. Afinal, o fim começa na apatia, na falta de amor em nossa falta de atitude, seja o fim do mundo ou o fim de nosso relacionamento sincero com Deus. Este é um prelúdio do fim…

Comentário ( 1 )

  1. / ResponderPercel
    "...achará fé na terra?" Quanto mais leio esta frase, atribuída a Jesus, mais eu me pergunto até onde ela vai nos levar e qual o fim da igreja atual e futura. Em meio as minhas aulas de EBD só encontro apatia da grande maioria a ponto de achar que sou eu que não estou me esforçando nas aulas e não eles que não estão interessados mais. A humanidade reclama da destruição do planeta, mas não perde a oportunidade de destruir seu planeta particular, individual. A comunidade não se importa com a dor do outro e apesar de achar bonita a palavra misericórdia vive em miséria cardia a todo instante, pois a dor do outro é a do outro e ponto final. Cristo morreu por mim, pronto, to satisfeito....e só. Reclamo da corrupção, mas se cair um caminhão de feijão perto de minha casa estarei entre os saqueadores com certeza, lucro na certa. Achará terra na fé.... aqui jaz ................ Rogério Percel Aires

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.