A FUNDAMENTAL ARTE DE SE COMUNICAR

“As palavras não são como são ditas, são como são ouvidas” (STEUERNAGEL, BARBOSA, 2017, pg. 105)

Nesta minha curta vida, já vi muitos problemas surgirem por falta de comunicação ou por má interpretação do que é ouvido. Atrevo-me a dizer que em relacionamentos, seja entre amigos ou casais, este é um dos maiores problemas.

As palavras são muito mais como são ouvidas, como as interpretamos, do que como é falada, por isso que quem fala, deve se comunicar de uma forma no qual todos entendam.

Já vi muita gente sofrer por conta de mal interpretação. Já presenciei muitas amizades acabarem, relacionamentos terem um fim ou famílias se dividirem por conta disso. Sendo que não existe fórmula, no final a interpretação vale muito mais do que a palavra.

O segredo é ser claro ao falar, nesta hora a regra “fale pouco, mas fale bem”, vale muito. Não adianta tagarelar e no fim não ser claro. Seja objetivo, comunique de um modo claro e coeso, que você terá muito sucesso.

Eu também tento me certificar se estou sendo entendido, pergunto sempre em minhas aulas, palestras ou pregações, quando é possível, se todos estão entendendo, é muito importante estar abertos a feedbacks. É responsabilidade de quem se comunica, se fazer entendido, entendendo que para cada pessoa ou público, temos que adaptar a nossa forma de falar.

Para quem ouve é importante cuidarmos com as nossas interpretações, se não estamos concluindo de forma errônea, ou idealizando demais a fala. Limite-se ao que foi falado e na dúvida pergunte, é muito melhor perguntar, do que concluir coisas que não foram ditas.

Falar e ouvir é igualmente importante, saber se comunicar, mas também saber ouvir é fundamental para não cairmos em equívocos ou atritos por mera má interpretação.

Cuidar com a nossa comunicação é nos poupar de muitos problemas, ser responsável pelo que falamos e ouvimos é fundamental para a boa comunicação.

BIBLIOGRAFIA

STEUERNAGEL, Valdir, BARBOSA, Ricardo, Nova liderança: Paradigmas de liderança em tempo de crise, Editora Esperança, Curitiba, 2017

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.