FALSA POSITIVIDADE

O ponto complicado das redes sociais é que lá, todo mundo é feliz. Todos tiram férias em locais paradisíacos, fazem inúmeras conquistas e seguem com suas vidas perfeitas. Não é que eu considero errado compartilhar nossos momentos nas redes sociais, as vezes nossas realizações incentivam outras pessoas, e sim que nem sempre o que vemos traduz a verdade. Muitos usam estes momentos para mostrar quem não são.

Infelizmente a vida não é feita só de alegrias, na maioria das vezes, por trás de uma conquista, existe muito esforço, suor e lágrimas. Vou dar alguns exemplos do que eu quero dizer.

Eu sou músico, gosto muito de tocar bateria, mas para tocar, precisei gastar muitas horas praticando e estudando, até chegar no nível de conseguir montar a minha banda. Quando eu finalmente tive banda, não foi fácil começar, investir para gravar as primeiras demos, EPs e CDs, além de ter que aprender a gravar em um estúdio profissional. E depois que conseguimos um certo reconhecimento, não foi tão simples ter que viajar, carregar equipamento, e precisar lidar com o fato de ter que trabalhar para me sustentar, já que a banda não me trazia sustento. Por trás de todas as fotos de shows, tinha muito empenho e dedicação, que nem sempre era percebido.

A mesma coisa foi quando eu comecei a fazer a minha graduação e também a minha pós-graduação. Foram dias e muitas horas de empenho, a fim de cumprir um cronograma, e conseguir me dedicar aos estudos. Eu estudava muito, e dormia pouco, além de pedalar para pagar as mensalidades, eu gosto muito de estudar, mas nem sempre é fácil, ainda mais quando temos que trabalhar e estudar.

Quem vive de aparência, infelizmente vive uma vida que não é sua. Quer ser como os outros, mas não quer pagar o mesmo preço que estas pessoas pagaram.

Um dia um colega de trabalho me falou que nunca havia tido a oportunidade de estudar, quando terminou o segundo grau, foi obrigado a arranjar qualquer trabalho como auxiliar, por não ter profissão alguma. Depois de ouvi-lo eu respondi que ainda era tempo. Pois a prefeitura de nossa cidade ofertava cursos técnicos em várias áreas, e de forma gratuita, em horários bem flexíveis. Mas ele não quis, pois não estava disposto a estudar por 2 anos para ter um diploma. No final, a sua frase era muito mais uma desculpa para justificar a sua falta de vontade e não uma real falta de oportunidade, que é o caso de muitos.  

Nem sempre nossos dias são de alegria, a realidade quase sempre não é tão glamurosa e colorida. Para quem se dedica em algo, existem muitos dias tristes e de renúncia. Não é fácil deixar de sair, ou muitas vezes gastar menos, apenas por conta dos estudos ou do projeto que queremos empreender, mas assim é a vida, ou você se dedica, ou fica no lugar. Muitos querem ter a vida da pessoa que conseguiu, mas poucos querem passar pelos mesmos desafios. É mais fácil viver uma vida falsa, do que ter que muitas vezes renunciar, para conseguir enfim alcançar os objetivos.

Viver é escolher, e escolher envolve abrir mão de algumas coisas para ter outras, é o velho dilema que muitos não entendem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.