DEUS E O CONHECIMENTO: CRER É TAMBÉM PENSAR: JOHN STOTT

O anti-intelectualismo é ainda muito comum no meio cristão. Já escrevi bastante sobre isso, inclusive, já usei o livro em questão para fundamentar um de meus textos. Entretanto, na conclusão deste mesmo livro, o autor destaca o porquê o conhecimento é importante para todo o cristão, o autor nos dá quatro motivos, por isso, usei-o novamente como base para abordar este importante tema. Lembrando que ele fala do conhecimento que aponta para Deus, não aquele feito sem propósito e sim como meio de nos aproximar dele.

 Se alguns conhecimentos podem nos afastar de Deus, nos levar a conclusões simplistas e equivocadas a respeito dele, a falta deste saber é igualmente perigoso, afinal. Se não conhecermos Deus e a sua palavra, como seguiremos fazendo a sua vontade? É justamente a finalidade do saber que estes pontos enfatizam.

“Em primeiro Lugar, o conhecimento deve levar à adoração” (STOTT, 2012, p. 74).

Quando conhecemos realmente Deus, adorá-lo vira uma prática natural, é impossível termos intimidade com quem mal sabemos quem é, por isso que ler a Bíblia e orar é o caminhO básico para conhecermos e termos intimidade com o Criador. Racionalizar, estudar e ler a palavra é o caminho para conhecermos mais Deus e tudo o que ele fez, o verdadeiro conhecimento nos aproxima mais dele, não tenha dúvida disto.

“Em segundo lugar, o conhecimento deve levar a fé” (STOTT, 2012, p. 74).

A fé vem pelo ouvir a palavra de Deus (Romanos 17:17), se não ouvimos, não lemos e estudamos sua palavra, certamente seguiremos sem fé. Se não nos firmarmos na verdade, no ensino que Cristo nos deixou, certamente ruiremos.

“Em terceiro lugar, o conhecimento deve levar a santidade” (STOTT, 2012, p. 74).

Quanto mais conhecemos os ensinos de Deus, nossa missão e a nossa responsabilidade como seguidores de Cristo, mais a nossa vida se amolda a vontade dele.

O conhecimento tem este poder, ele consegue fazer com que tenhamos a responsabilidade de termos uma vida reta e digna.

Quando somos praticantes dos ensinos que a Bíblia nos deixou, é inevitável caminharmos para uma vida centrada, dentro da vontade de Deus.

“Em quarto lugar, o conhecimento deve levar ao amor” (STOTT, 2012, p. 76)

Quanto mais estudamos, oramos e temos intimidade com Deus, mais somos inundados com o sentimento de partilhar, de ajudar e “influenciar” os outros com os ensinos de Cristo.

Com este livro podemos aprender que o verdadeiro conhecimento faz com que tenhamos estas motivações, partilha e ajuda. Ele nos mostra também o perigo do conhecimento equivocado e o perigo da falta de conhecimento.

A Bíblia nunca foi contra o estudo, o ensino e a dedicação em entender a palavra. Acreditar que o conhecimento nos separa de Deus é tolice, sendo que a vida cristã deve ser equilibrada, com a busca e o estudo caminhando juntos, para que tenhamos o pleno conhecimento da vontade de Deus descrito na Bíblia, e a intimidade com ele, quando oramos e o buscamos.

 

 

BIBLIOGRAFIA

STOTT, Crer é também pensar, Editora ABU, São Paulo, 2012

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.